Cuidados ao Amor

Tenho nestes dias aprendido detalhes pouco observados por mim. Não apenas prestando atenção nas pequenas coisas, mas sim procurando agir de maneira mais sóbria possível. Não que a sobriedade seja necessária por conta de bebida, longe disso, mas sim por muitas vezes, em meio à ansiedade e o descontrole emocional, posso agir de maneira irracional.

Tenho aprendido a cuidar de uma flor muito delicada, linda, querida e muito amada. Uma flor que requer muito carinho e atenção, e sei que muitas vezes deixo a desejar. Algo me diz que grandes mudanças estão por vir. Nesse ponto, tenho que estar mais atento a que caminho escolher percorrer.

Não nos falta dizer a cada um “eu te amo”. Passamos praticamente o dia inteiro expressando este sentimento intenso que a cada instante nos faz querer viver algo jamais imaginado. Não estamos presentes a todo momento, aliás, acredito que grande parte da humanidade tem seus grandes momentos de solidão.

Penso que, às vezes, a vida nos prega grandes surpresas. Não que ela seja ingrata, mas ela nos cobra grandes e inalcançáveis responsabilidades. Temos muito medo de falhar, de errar, de perder o pouco que temos, de um dia jogar fora tudo aquilo que fomos e o que somos.

Mas, mesmo em meio a essas tempestades que às vezes surgem, estamos no barco para continuar remando e não morrer à deriva.

Onde quer que essa linda e muito amada flor esteja, estarei ao seu lado, procurando a todo momento lhe ofertar tudo do bom e do melhor. Em nosso amar constante há sempre aquele olhar que nos conecta em nossas emoções e imensos desejos. Parece que tudo para quando estamos juntos. Entrelaçamos nossos dedos e nos deixamos ser dominados por algo muito forte.

Eu posso cometer grandes erros, falhas, provocar mágoas, mas de todos esses defeitos, saberei assumir os meus atos e, assim, buscar a chance de seu perdão. Um coração maculado é o mesmo que uma linda taça de cristal, que em câmera lenta cai ao chão e se quebra em milhares de minúsculos pedaços.

Jamais quero que isso aconteça. Sempre a quero bem, e bem feliz.

A você dedico lindas flores, doces sabores e delicadas emoções, cobertas com suaves palavras e olhares desejosos. Tudo isso ao som de uma linda canção que nos leva a dançar em um grande salão, onde os cristais de um grande lustre refletem milhares de estrelas que nos embalam em nossos movimentos.

Sentimos o desejo de cuidar um do outro, onde nossos pensamentos permeiam o tempo que limita nosso contato, onde apenas o desejar sempre o bem entre nós é o primordial. Mas esse mesmo pensar nos faz ser fortes, pois na certeza de nosso amor, essa linda flor que em nós existe sempre expressará sua beleza.

Hoje estamos felizes, mas a felicidade não é completa, pois em nossos anseios existe uma névoa que nos cerca, que em certos momentos não nos permite ver a linda flor, regada com muito amor, que há em nossa frente. Diante de nós há essa vida que plantamos e a todo custo devemos mantê-la viva.

O tempo permitirá que essa linda flor sofra. Entre a sede e o calor intenso, ela sobreviverá em nossas duras batalhas, pois por esse sentimento estamos unidos, e se formos realmente fortes, nada romperá essa aliança que há entre nós.

Amar você é tudo que sei e tenho aprendido com o tempo. Linda, doce, amável, delicada é você, que é todo o meu querer.