Uma mensagem de Ano-Novo diferente

Por paulohenrique

Como alguém que passa em sua vida, os dias passam e você nem sequer tem a capacidade de perceber pequenos detalhes que a cada dia que passa acontecem em meio às suas preocupações.

Esse alguém esteve com você todo instante, apenas escrevendo seu passar do tempo e, assim, completa sua tarefa para o dia seguinte começar tudo de novo. Seu despertar, seu agir e seu levantar são apenas os primeiros parágrafos que esse alguém documenta, sendo essa sua nova luta diária.

Até chegar no final de uma página, essa pessoa escreveu intensamente sem tirar os olhos de você e, assim, com uma pena, tinta preta e uma página branca, todo seu pensar e agir são expressos sem nenhuma falha.

Essa pessoa, na verdade, para mim, é um garoto. Imaginem vocês um “Leprechaun”, aqueles duendes vestidos de verde dos folclores nórdicos, sim, meio estranho mas eu o considero assim. Vocês podem chamá-lo do que quiserem e podem também imaginar que sejam outro tipo de coisa.

No meu caso, por exemplo, esse meu “Leprechaun” eu o chamo de 17. Estranho esse nome para uma pessoa, mas vocês saberão o motivo de o batizá-lo assim.

17 ficou comigo esse tempo todo, e mesmo em minhas noites mal dormidas, ele estava escrevendo. Ao passar da meia-noite, ele abre uma nova folha em branco e começa a rabiscá-la gravando tudo sobre mim.

O mais legal de tudo isso é que 17 permite que eu leia essas páginas escritas e, assim, passam em minha memória momentos deliciosos que vivi. 17 marca cada dia do ano, tudo que passei.

Fui muito feliz com 17 ao meu lado, sim, ele foi um grande amigo. Em todo esse tempo que esteve ao meu lado, conheci pessoas que eu jamais pude imaginar, ganhei muitos presentes que somente um forte agradecimento tenho a ofertar a todos que me cercaram. Ao lado do 17 fui muito amado. Aprendi mais e conquistei minhas vitórias.

Assim, com um belo sorriso, 17 vai nesse instante escrevendo em sua página branca o que no momento tenho feito e torna-se especial por aqui eu compartilhar todas as coisas boas que tive em sua companhia.

Mas está chegando o momento de 17 partir, e assim, ele escreve suas últimas páginas para dar lugar a um novo companheiro, o 18.

Porém, antes de partir, 17 conversou comigo. Ele disse que foi muito bom comigo, e que tenho que ter mais fé e esperança em tudo que almejo. Confesso que tenho sim meus receios e medos, mas, por mais que estes se mostrem presentes, eu os desafio.

Desta forma, 17 diz que quando 18 vier, tudo que aprendi ao seu lado tenho que estar bem mais atento, pois novas oportunidades virão, e minha luta continua na esperança da conquistas de todas as vitórias que tanto quero alcançar.

17 disse para mim que mesmo dando adeus, ele sempre estará em meu coração e, que tudo de bom que houve, serão as lembranças que encherão meu coração de alegria, e que eu tenha a certeza de que, ao lado do 18, meu caminho para a saúde, sucesso, alegria e conquistas será mais que certo, para que eu possa continuar minha caminhada que a vida me propôs.

Assim como 17 foi comigo e que em breve dará seu lugar ao 18, desejo a todos vocês, que aguardam ansiosamente o novo ano, que tudo do bom e do melhor aconteçam na vida de vocês na total certeza das conquistas e muitas vitórias de cada um, sendo que a saúde seja em demasia.

Eu amo vocês.