CCXP 2017: o melhor de tudo em minha vida

Por paulohenrique

Estou com uma sensação triste mas ao mesmo tempo, sinto muita alegria e grande felicidade, esses dois bons sentimentos nasceram dos momentos maravilhosos que passeis nesses últimos quatro dias em um grande evento que me encheu os olhos de tanta beleza e me ofertou uma satisfação de vida encantadora, a Comic Con Expierence São Paulo.

Este texto é mais para poder agradecer pessoas que estiveram ao meu redor, que lutaram para que eu pudesse estar presente e com pessoas que fazem parte do que eu mais amo na vida, o cinema.

Nesses quatro dias, vi muita coisa, fui levado para os corredores do evento e a cada cantinho eu me surpreendia. Fiquei muito feliz por encontrar muitos que de mim se aproximaram e desejaram eternizar aquele momento comigo, através de uma foto digital. Até dei um autógrafo.

Um sorriso, um abraço, um calor humano que garante que todos somos irmãos e, sim, merecemos sempre o melhor de tudo e, acreditem, por mais que estejamos em mares revoltos, somos capazes sim de ofertar muito amor.

Um mundo cheio de Batmans, Homens-Aranhas e Mulheres Maravilhas, onde todos, trajados com seus heróis preferidos, criam a Liga da Justiça perfeita para nos salvar de sentimentos ruins que nos desanimam.

Tive chance de tirar fotos com pessoas importantes da 7ª Arte, diretores, produtores e atores que são excelentes no que fazem. Meu corpo teve uma explosão de arrepios quando em uma grande tela de cinema, o logo da Universal Studios foi apresentado, juntamente com uma orquestra que estava presente, tocando o tema exuberante que impressionou a todos no evento.

Trailers de filmes foram apresentados e quando estes eram transmitidos na grande tela, a plateia entrava em êxtase, expressando em gritos de alegria bem altos sua paixão pelos personagens e efeitos especiais que tremiam o chão.

Do mundo dos dinossauros, tive a chance de pegar a mão do produtor e diretor do novo Jurassic World que estreará o ano que vem, e assim, no meu pobre inglês, pude contar sobre mim, para estes que mostraram surpresas quando disse que há quase 50 anos moro em um hospital.

Aquele universo me abraçou com tanta força que meu desejo de estar presente todos os dias era muito forte e assim, consegui completar essa tarefa muito feliz.

Tive a grande oportunidade de conhecer uma diva, sim, uma excelente profissional no teatro, cinema e televisão. Uma pessoa que, quando chegou perto de mim, eu lhe disse que a honro e a respeito. Eu lhe falei sobre minha vida de morar em um hospital e que mesmo assim nada me impediu de ter uma vida normal.

Disse que minha paixão pelo cinema veio através da TV, onde eu assistia aos filmes de Charlie Chaplin com muito amor. Conhecer Fernanda Montenegro é para mim herdar uma grande estrela em minha vida, um marco a qual jamais eu poderia imaginar poder conquistar.

Outras três atrizes globais tive a chance de conhecer e poder ter a satisfação de ter completado mais uma etapa na jornada de minha vida.

Um filme que amo de paixão, com que me identifiquei muito, me fez ser grande fan de um jovem ator norte americano Dylan O’brian que faz o personagem principal de Maze Runner veio até a mim com grande carinho. A primeira pergunta que lhe fiz é se eu podia lhe chamar de Tomas, o personagem que luta pela liberdade de seus amigos nesse filme maravilhoso, que na verdade é baseado em uma coleção de livros também excelentes. Eu levei o meu box desses livros para que eu desse o seu autógrafo e agora eu guardo essa coleção com muito amor e carinho.

Tudo era encanto, som e luz, a maravilha da arte cinematográfica, séries e quadrinhos tudo em um único lugar onde eu era levado a lugares cheio de surpresas. Fiquei bem próximo desses profissionais que nos alegram com sua arte nos gibis que fazem parte de nossas vidas. Heróis memoráveis desenhados com grande paixão por estes que dedicam suas vidas na arte de expressar seu imenso amor, através de tintas que desfilam em uma folha de papel. Levei meu sketchbook muito especial, dado pelo estúdio americano DreamWorks, onde tem traços de profissionais que desenharam grandes desenhos conhecidos mundialmente, tais como The Simpsons e How to Train Your Dragon.

Ao lado de alguns desenhistas, eu contava uma parte de minha história, a qual em 2015, de dentro de um quarto de hospital, eu participei de um evento em Los Angeles, na Califórnia. Contei que era uma tecnologia de um robô que daqui eu poderia controlá-lo, além de ouvir e poder conversar com as pessoas que estivessem ao redor. Nessa oportunidade, visitei os estúdios da DreamWorks, conversei com alguns produtores e me encantei com cada detalhe de um estúdio maravilhoso. Dois meses depois dessa minha grande aventura, recebi pelos correios esse tão amado sketchbook enviado pelos profissionais da 7ª arte, e terminando de contar este grande marco em minha vida pedi que deixassem uma lembrança nas páginas vazias, pois quero que seja um sketchbook farto de alegria e histórias.

No último dia do evento, a ansiedade tomou conta de mim. Era o dia mais aguardado, pelo ator que estaria presente. No final da tarde, eu estava dentro do estande da Omelete. Através de uma tela, eu via a parte externa do local. Era incrível ver que cerca de 200 mil pessoas cercavam o local justamente pela presença dessa grande estrela do cinema. Acredito que não só eu mas a maioria que estavam presentes estavam ansiosos, além de meu irmão e outro grande amigo.

Na tela de repente, surge a grande estrela na passarela conectada ao Omelete. Essa ilustre pessoa acena para os seus milhares de fãs, que bradaram forte.

Eu apertava minhas mão numa ansiedade que me dominou por completo. Eu queria muito ver essa pessoa de perto, queria demais poder pegar em sua mão e juntos podermos sorrir. Era um momento único em minha vida, se não desse certo, nunca mais essa chance voltaria.

De repente, essa pessoa, acompanhada de outras entra no Omelete e vai direto para o salão de imprensa. Lá ela é entrevistada e, pelas janelas de vidro que cercavam o local, acena para os seus fans que gritavam de alegria. Naquele momento, minhas esperanças começam a se esvair. Eu já não achava ser possível ter a chance de ter essa pessoa perto de mim.

A entrevista termina e esse ilustre ator sai do salão de imprensa e vai e direção ao pequeno corredor do salão central da Omelete. Nesse momento, meu irmão sai de sua posição e vai até o ator, que quase se encontrava fora do local. Meu irmão chega para ele e aponta em minha direção, e esse é o momento que surge um sentimento inexplicável, de repente, Will Smith vem em minha direção, pega na minha mão e trocamos poucas palavras.

Era tudo que eu queria, era a realização de um grande sonho, estou feliz e completo.

Tudo isso e muito mais foram estes 4 dias. Quero deixar aqui, o meu imenso agradecimento. Essas pessoas que aqui citarei foram as responsáveis para a realização de tudo aquilo do bom e do melhor para mim. Para algumas dela, peço desculpas, pois em minha ansiedade, agi de maneira grosseira e infeliz. Apesar de minhas falhas, desejo muito que possamos criar uma grande amizade e que o amor possa nos cercar com grande força.

Deixo o meu forte agradecimento ao Renan Pizii, organizador da CCXP, quem me ofertou essa grande oportunidade de estar na maior Comic Con do mundo.

Agradeço também ao Gabriel Sala e, além de agradecer, lhe peço perdão. Me perdoa, por favor, pois sua intenção era apenas ajudar, e eu demonstrava minha rebeldia. Muito obrigado, amigo, pois, sem sua ajuda, eu não teria como estar presente nos quatro dias do evento. Muito obrigado mesmo por sua força.

Agradeço ao Márcio, quem administrou as ambulâncias para me levar e trazer de volta. Mestre, eu lhe agradeço imensamente.

Agradeço às equipes das ambulâncias que estiveram comigo no caminho de ida e volta. Foram pessoas maravilhosas.

Agradeço com muito amor e carinho, os profissionais da saúde que foram responsáveis por dar suporte médico ao evento. Os enfermeiros, médicos e técnicos de enfermagem do hospital Sancta Maggiore, os quais me receberam com muito carinho, para que eu pudesse passear no evento e assim, eles deram segurança aos materiais que levei em caso de necessidade.

Agradeço imensamente a Playstation, vocês realmente são irmãos, me dedicaram muito amor, e vocês são para mim pessoas mais que maravilhosas. Muito obrigado pelo grande presente que me deram.

Agradeço aos meus muito amados amigos, que puderam estar comigo nesse maravilhoso evento. Amigos esses que são auxiliares e enfermeiras que se responsabilizaram por minha vida.

Muito obrigado ao meu irmão, que se dedicou inteiramente a mim, deixando suas responsabilidade para poder me dedicar o seu melhor, eu amo você infinitamente.

Peço desculpas aqui a quem infelizmente esqueci, mas deixo o meu forte agradecimento com muito amor e carinho.

Agradeço aos meus fãs que durante meu caminhar na feira vieram a mim com muita alegria, muito obrigado meus amigos pelo imenso carinho que vocês me ofertaram.

Enfim, muito obrigado a todos que pude ver e sentir bem próximo de mim, mesmo aqueles quem jamais conheci e também aqueles que ao longe dediquei o meu sorriso.

Muito obrigado.