A boa esperança

Por paulohenrique

Estou em um momento complicado em que tenho que tomar certas decisões difíceis para mim. Esses novos caminhos a têm me tirado o sono nas madrugadas, fervilhando em minha mente de maneira assustadora.

A cada maneira de refletir vem pensamentos em turbilhão, onde as imagens se alternam entre o medo e a vontade de querer mudar a minha vida. Peço muito a Deus que não me deixe desconsolado: o que eu decidir, mesmo que me assuste, possa, no curto prazo, me dar um destino cheio de prosperidade e satisfação.

Que, onde quer que eu vá, a alegria me siga; que eu me sinta seguro, mesmo estando somente eu nesse lugar novo e velho.

A não ser por circunstâncias inesperadas, tenho certeza que será um caminho sem volta.

É difícil para mim tomar essas decisões, mas terei que tomá-las. Estou cego por ilusões no momento, achando que tudo seguirá uma direção, mas não posso deixar de pensar que tudo ao meu redor pode tomar outro caminho e fazer com que eu tenha que lidar com o desconhecido. Não quero me entregar ao medo, não quero cair nem desfalecer.

Quero me erguer e, nessa nova etapa da minha vida, poder seguir em frente. Quero que as portas que eu encontrar sejam oportunidades de sucesso e de realização de sonhos. Quero sim fazer o meu melhor –no entanto, preciso daqueles que podem me guiar. Existem muitas opções na minha frente e saber qual delas decidir é o que me assusta.

Que o sol possa entrar e mostrar todo o seu esplendor, para que minha alma tenha o sopro da vida e assim eu sinta que estou em um lugar seguro. Que eu cative aqueles que são novos para mim e que, me entregando completamente em suas mãos, eu receba o cuidado e respeito merecido –assim, podendo lhes dedicar todo o meu amor e carinho.

Há quase 20 anos no mesmo lugar, olho para trás e vejo tudo aquilo que aqui conquistei. Os alegres momentos que passei nas tardes dos jogos. Minha primeira oportunidade de conquistar uma namorada. Os beijos atrevidos que dei. Os amigos que conquistei. As tias que cuidaram de mim e me ofertaram tantas felicidades. Os desafios por que passei para fazer desse lugar um verdadeiro lar.

Agora, um novo caminho em minha frente desponta. Dar o primeiro passo em sua direção é castigante, mas devo segui-lo e, ao fazê-lo, ter a certeza de que fiz a escolha certa e jamais olhar para trás.

Mas o medo me abraça, não quer que eu vá. Coloca imagens na minha frente, como um grande e infinito deserto, onde os montes se mostram imensos e distantes. Só há solidão e desespero, mas eu sei que são apenas pensamentos que deturpam a realidade.

Nesse novo lugar que estarei, vencerei e serei muito feliz. Conquistarei lugares e ali deixarei saudades. O sorriso em minha face surgirá quando em minhas conquistas eu sentir a presença da vitória.

Que a mim seja dada a boa esperança e que, desse ponto em diante, tudo se renove, floresça e me venha do bom agrado e satisfação da vida.