Vários Sentimentos

Por paulohenrique

Hoje o dia está sendo difícil. A cada instante, por mais que eu tente, os pensamentos e preocupações não saem de minha mente. Mas eu não sou de desistir e muito menos de jogar fora os planos que tenho, e para cada um deles existe um preço. Preço este árduo, que por muito pouco, posso negá-lo. Mas, desistir de meus planos, ou dos meus pensamentos, não é algo que costumo fazer.

Alguns estão logo ali, como ficar observando um pequeno pássaro voar ou mesmo o brilhar do Sol que ilumina o dia. Outros, exige de você escalar o Everest, de tão difíceis que são. Estes ficam fervilhando em meus pensamentos, marcando presença até em minhas noites mal dormidas.

Por mais que eu tente dormir para ao menos aliviar a sensação de ansiedade, essa se transforma em uma mulher insaciável de prazer. Sua mente fica desperta, criando situações bizarras inventando até coisas inexistentes.

Mas, em meio ao desespero desnecessário, procuro acreditar que tudo um dia possa melhorar. Tenho que ter fé que em meio a tempestade onde a embarcação quase se vira, há a chance da bonança e o aquecer do Sol.

Hoje o dia está sendo difícil. Não chega a ser cruel diante de nossas escolhas, mas são estas que nos fazem refletir e sermos responsáveis pelo caminho por nós escolhido. Escolhi trilhar um campo duro, onde cada passo meu provoca-me grandes e sangrentas dores. Tudo por eu caminhar cego em minhas emoções, não dando atenção aos conselhos de amigos. Todos me disseram, me apontaram que direção tomar, mas minha insistência e rebeldia me fizeram ir em busca das dificuldades da vida.

Mas, nem tudo está perdido, nem tudo é derrota, nem tudo é castigo. Três palavras que nos julgam perdedores e derrotados, sendo que estas são as piores mentiras nas quais podemos crer. Costumo sempre dizer a cada irmão que triste de mim se aproxima, que somos muito mais do que acreditamos ser, e sim, temos sempre que ir atrás de nossas conquistas, nas boas condutas para com todos aqueles que nos cercam. Assim, nossos caminhos são cobertos com uma suave seda, onde cada passo que dermos, não permite sentirmos dores.

Espero vencer cada pesar que meus ombros suportam. Espero seguir em frente, mesmo que haja muito a percorrer. Espero ainda sorrir, mesmo estando o sol coberto por nuvens. Espero cantar, mesmo sem ninguém a me ouvir. Espero abraçar, mesmo na solidão. Espero doar um pouco de mim, mesmo que todos virem suas costas.

Ainda tenho muito o que viver, mas não tenho ideia do tempo que me resta. Temos sempre o desejo de um tempo muito longo para todos aqueles que amamos, mas, sem que esperemos, algum irmão parte sem nos dar a chance da despedida. Eu mesmo já perdi muito, mas posso dizer que ganhei o dobro.

As marcas que o passado desperta, estão cravadas nos passos que damos. A saudade nos faz olhar para trás, mas não nos permite retorno. Sabendo disso, sempre uma lágrima percorre o caminho de nossas faces, e seu brilhar cristalino toca os corações de todos que nos amam, permitindo, assim, que sejamos abraçados em um calor terno de nossos irmãos.

Eu amo todos vocês, pois o que sou hoje vem de um molde feito com muito afeto e amor. Sendo assim, vocês me ensinaram a amar, a dedicar boa conduta e sempre desejar a presença de cada um de vocês ao meu lado. Vocês são importantes para mim, e quero desejar a todos sempre tudo do bom e do melhor.

Mas, mesmo assim, o dia hoje está difícil. Apenas me encontro parado, meio presente e ausente olhando o horizonte em minha frente. Um vento frio toca meu rosto. Um solo frio e aspero não permite calor para os meus pés. Mas não estou triste nesse lugar quase cinza. Estou apenas olhando ao meu redor, com um pequeno sorriso, pois sei que devo continuar caminhando, e onde quer que eu vá, obstáculos extremos surgirão e a todos, irei vencê-los.

Como é doce e suave segurar sua mão. Você está comigo, e assim, estou tranqüilo.