-

Paulo Henrique Machado é morador do Hospital das Clínicas de SP desde 1 ano de vida, quando contraiu poliomielite. Neste blog, escreve sobre como tudo chega até ele, o que aprendeu e o que observa de cada situação.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Um Pai, Mais que Herói

Não há como esquecer esse momento marcante que passou em minha vida. Algo que deixo claro aqui é que não fui abandonado, largado em um hospital, como alguns até acreditam que eu não tenha família. Sim, tenho família, pai, irmãos, irmã e madrasta. Sim, são minha verdadeira família, aos quais respeito e amo incondicionalmente. O(…)

Caminhos ao Labirinto

Há certos momentos na vida da gente que questionamos a nós mesmos, o que estamos realmente fazendo aqui? Claro que em meio ao tempo, e tudo que a vida tem nos ensinado, são respostas óbvias para nossas chamas permanecerem acesas. Mas há aqueles momentos em que nos sentimos tão pequenos que nos encolhemos, e o(…)

Reflexões sobre a Pele

Há certos momentos na vida que nos encontramos tão despidos, que mesmo o ar que encosta em nossa pele, nos provoca medo e pânico. Nos sentimos extremamente frágeis quando nos encontramos em meio ao coração partido, como aquele lindo e exuberante vaso de cristal que devido a um golpe sofrido, se destrói com a brutal(…)

A Batalha sem Fim

Este texto é puramente fictício. Às vezes, fico perdido em meus caminhos. Cada passo pesado, em um solo amargo onde deixo minhas pegadas sangrentas. Olho ao meu redor, um horizonte claro, coberto por um céu escuro, onde somente uma brisa fria, sem vida, provoca arrepio em minha pele. Pássaros voam ao longe, formando círculos na(…)

O Silêncio do Sorriso

Passando alguns dias sem escrever, vivo em busca de memórias há muito tempo esquecidas, dentro de um baú já bem velho e gasto pelo tempo, mesmo estando eu com 48 anos de idade. Infelizmente, fui alvejado por regras que, de uma certa maneira, me impedem de expor certos momentos marcantes em minha vida, com medo(…)

Dor e Castigo

Perto de meus dez anos de idade, poucos momentos se passam em minha mente, a não ser, dolorosas lembranças que até hoje lembro nitidamente de senti-las. Apesar dos meus limites, fui uma criança como qualquer outra e nada impedia as minhas peripécias. Minha infância, mesmo dentro de um hospital, me deu a oportunidade criativa de(…)

Pequenas lembranças

O tempo nublado como este reflete um passado que foi somente meu. Quando a luz do sol não passa pela grossa camada de nuvens, vem um momento ausente que um dia deixou saudades. Era um quarto grande, iluminado apenas com a luz do centro, permitindo que de cada lado houvesse ausência de sua presença, de(…)

As mães nunca morrem

Tudo, antes de seu início, tem um sentimento que dá vida a todas as coisas. Este sentimento harmoniza o universo e se espalha em distâncias incalculáveis. O sentimento mais forte que tudo que possa existir. O amor. Da luz à escuridão –essa união feita pelo amor– surgiu a matéria, surgiu a força e a grandeza.(…)

Heróis antes de mim

Quando criança, lembro que haviam dois pacientes que vieram antes de mim e já estavam internados havia um tempo aqui. Não sei muito bem o que eles tinham, mas dois eram tetraplégicos. Um era um senhor e se chamava Dionísio. O outro, que tinha o nome de Toninho, também não tinha movimento. Aparentemente ambos haviam sofrido algum acidente que os deixaram paralisados por completo. Nessa(…)

Blogs da Folha

Mais acessadas

Categorias

Publicidade
Publicidade
Publicidade